29

O Inep conduz todo o sistema de avaliação de cursos superiores no País, produzindo indicadores e um sistema de informações que subsidia tanto o processo de regulamentação, exercido pelo MEC, como garante transparência dos dados sobre qualidade da educação superior a toda sociedade. E, utiliza para isso instrumentos de avaliação usados subsidiam a produção de indicadores de qualidade e os processos de avaliação de cursos desenvolvidos pelo Inep, no caso as avaliações in loco realizadas pelas comissões de especialistas.

No âmbito do SINAES e da regulação dos cursos de graduação no País, prevê-se que os cursos sejam avaliados periodicamente. Assim, os cursos de educação superior passam por três tipos de avaliação: para autorização, para reconhecimento e para renovação de reconhecimento.

Para autorização: Essa avaliação é feita quando uma instituição pede autorização ao MEC para abrir um curso. Ela é feita por dois avaliadores, sorteados entre os cadastrados no Banco Nacional de Avaliadores (BASis). Os avaliadores seguem parâmetros de um documento próprio que orienta as visitas, os instrumentos para avaliação in loco. São avaliadas as três dimensões do curso quanto à adequação ao projeto proposto: a organização didático-pedagógica; o corpo docente e técnico-administrativo e as instalações físicas.

Para reconhecimento: Quando a primeira turma do curso novo entra na segunda metade do curso, a instituição deve solicitar seu reconhecimento. É feita, então, uma segunda avaliação para verificar se foi cumprido o projeto apresentado para autorização. Essa avaliação também é feita segundo instrumento próprio, por comissão de dois avaliadores do BASis, por dois dias. São avaliados a organização didático-pedagógica, o corpo docente, discente, técnico-administrativo e as instalações físicas.

Para renovação de reconhecimento: Essa avaliação é feita de acordo com o Ciclo do Sinaes, ou seja, a cada três anos. É calculado o Conceito Preliminar do Curso (CPC) e aqueles cursos que tiverem conceito preliminar 1 ou 2 serão avaliados in loco por dois avaliadores ao longo de dois dias. Os cursos que não fazem Enade, obrigatoriamente terão visita in loco para este ato autorizado.

Neste contexto a CPA participa e acompanha de perto tais avaliações, em parceria com as coordenações e gestores da Nassau de JP analisando os resultados e acompanhando as propostas de melhoria. tudo isso para garantir a busca pela melhoria contínua.

A seguir apresentamos um resumo das avaliações externas realizadas pelo INEP no ano de 2017 em nossa faculdade. Caso deseje, poderá acessar cada um dos relatórios na coordenação do curso ou na sala da CPA.

Parabéns e vamos em frente.

CURSO ATO DATA CONCEITO FINAL
Engenharia Mecânica Reconhecimento 14/12/2017 4
Engenharia Ambiental e Sanitária Reconhecimento 31/05/2017 4
Engenharia Civil Reconhecimento 31/05/2017 3
Engenharia Elétrica Reconhecimento 29/05/2017 3
Engenharia Química Reconhecimento 31/05/2017 4
Pedagogia Reconhecimento 29/05/2017 4
Medicina Veterinária Autorização 20/04/2017 3

escrito por admin

27

PREZADOS ALUNOS, DOCENTES, COLABORADORES E AMIGOS!

ATENÇÃO AO RESULTADO DA AVI 2017.2

O Objetivo deste relatório é disponibilizar para todos os alunos matriculados na instituição a estratificação das informações obtidas pela avaliação institucional, realizada na Uninassau FORTALEZA no período de 23/10/2017 a 24/11/2017. Em 2017.2, a Unidade obteve o Conceito Geral na Avaliação Institucional de 3,41, referente a 50,84% de notas 4 e 5, e houve a participação de 60,02% dos alunos matriculados, onde os alunos puderam transmitir sua opinião sobre a instituição e atribuir conceitos que variam de 1 a 5 ou mesmo “não sei responder”, em cada uma das questões relacionadas abaixo:

Item Nota % de notas 4 e 5
Qualificação dos seus professores 4,51 91,11%
O conhecimento adquirido no curso com relação às suas necessidades profissionais 4,06 77,56%
Sua satisfação do curso 4,04 77,31%
Qualificação dos Funcionários da Biblioteca 3,92 67,40%
Metodologia de Avaliação do aluno pelos professores 3,87 69,95%
Programa de Avaliação Institucional 3,71 63,27%
Portal acadêmico 3,64 60,51%
Coordenador de seu Curso. 3,63 61,29%
Qualificação dos Funcionários dos Laboratórios 3,61 52,04%
Organização e Limpeza das Áreas 3,57 59,31%
Sistema de Participação de Representes de turma 3,52 56,05%
Investimentos realizados pela Instituição para melhoria da unidade 3,38 51,10%
Áreas de Convivência da IES 3,37 49,54%
Divulgação dos resultados da Aval. Institucionais 3,28 48,69%
CRA no Portal Acadêmico 3,25 46,46%
Salas de Aulas 3,25 47,62%
Laboratórios 3,22 44,44%
Acessibilidade à Instituição 3,21 46,17%
Imagem da Instituição de ensino junto à Sociedade 3,19 44,04%
Núcleo de Atendimento ao Educando 3,15 33,84%
Ações de Responsabilidade Social da IES 3,06 38,73%
Qualificação dos Funcionários do Atendimento CRA 3,06 41,07%
Oferta de Cursos Pós-Graduação 3,05 29,92%
Canais de comunicação com a instituição 3,04 39,53%
Diretor da Unidade 3,01 35,48%
Ações realizadas pós resultados da Aval. Institucionais 3,00 37,34%
Incentivo a Iniciação Cientifica 2,99 40,86%
Núcleo de Empregabilidade 2,98 32,72%
Ouvidoria 2,81 31,08%

escrito por cpa.fortaleza

20

Prezada comunidade acadêmica,

O curso de CST em Redes de Computadores da Faculdade Uninassau Natal passou por avaliação do INEP/MEC (in loco) no mês de outubro, tendo sido renovado o seu reconhecimento com conceito 3 (sendo o máximo 5).

Parabéns a todos os envolvidos!

Este processo é mais um passo para a busca da melhoria contínua e o relatório na íntegra encontra-se disponível para consulta.

CPA

escrito por cpa.natal

Passe o mouse na cidade desejada para obter ENDEREÇO e TELEFONE da unidade