14

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da UNINASSAU Salvador conduziu a Avaliação Institucional 2017.2 no período de 25 de setembro a 13 de outubro de 2017. O processo contemplou a avaliação das dimensões do SINAES  pelos funcionários técnicos administrativos das Unidades Pituba e Mercês. Obtivemos a participação de 154 funcionários técnicos administrativos, onde estes puderam transmitir sua opinião sobre a instituição e atribuir conceitos que variam de 1 a 5 ou mesmo “não sei responder”, em cada uma das questões relacionadas.

Conheçam os resultados dessa Avaliação:

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR O RESULTADO DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2017.2 (Técnico Administrativo) – Pituba

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR OS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2017.2 (Técnico Administrativo) – Mercês

Estamos em implementação das ações de melhoria e breve disponibilizaremos o plano de ação.

Os interessados poderão obter outras informações pelo e-mail administracao.ssa@mauriciodenassau.edu.br ou através dos membros da CPA.

escrito por fhasmann

06

O presente relatório tem como objetivo evidenciar as ações executadas sensibilização e conscientização da comunidade acadêmica para realização da Avaliação Institucional e demonstração dos resultados no semestre 2017.1.

Por meio de 1.801 questionários respondidos por discentes e 326 por docentes, a CPA tem informações que nortearam os dirigentes da IES para implementar ações de melhorias nos próximos semestres. A seguir apresentaremos uma síntese dos resultados gerais da Unidade Mercês:

ü    Adesão de Docentes: 99,39% dos docentes responderam a Avaliação Institucional, houveram 02 docentes que não responderam o questionário e ocasionando o não atingimento da meta.

ü    Adesão de Discentes: A adesão atingiu 63,32% de alunos, ou seja, 1.801 alunos responderam a Avaliação Institucional.

ü    Nota Geral da IES: O conceito global atingido pela IES foi de 3,52 e 55,36% de questões respondidas com conceito bom (nota 4) e excelente (nota 5).

ü    Nota por Curso: 50% dos cursos ofertados na Unidade obtiveram conceito acima da meta 3,5, conforme tabela abaixo.

Curso Conceito Curso Conceito
Administração 3,55 CST em ADS 3,69
Biomedicina 3,65 CST em Segurança no Trabalho 3,90
Educação Física 3,67 Ciências Contábeis 3,00
Enfermagem 3,80 Direito 3,24
Farmácia 3,75 Engenharia Civil 3,19
Fisioterapia 3,55 Nutrição 3,41
Pedagogia 4,03 Psicologia 3,25
Serviço Social 4,12 CST em RH 3,48

Quadro 01: Notas da Avaliação Institucional por Curso

Fonte: Pesquisa de Auto Avaliação Institucional 2017.1 (CPA, 2017).

ü    Nota de Coordenador de Curso: Praticamente todos os coordenadores de cursos obtiveram conceito acima da meta 3,5, conforme tabela abaixo.

Curso Conceito Curso Conceito
Administração 3,83 CST em ADS 4,52
Direito 3,60 CST em RH 3,90
Educação Física 4,15 CST em Segurança do Trabalho 4,86
Enfermagem 4,04 Biomedicina 3,49
Farmácia 4,54 Ciências Contábeis 3,02
Fisioterapia 4,35 Engenharia Civil 3,28
Pedagogia 4,36 Nutrição 3,23
Serviço Social 4,94 Psicologia 2,07

Quadro 02: Notas na Avaliação Institucional do Aspecto Coordenador de Curso

Fonte: Pesquisa de Auto Avaliação Institucional 2017.1 (CPA, 2017).

ü    Aspectos que obtiveram conceitos abaixo de 3,5: A tabela abaixo informa os itens em ordem decrescente de notas abaixo de 3,5.

Aspectos Avaliados Conceito
CRA no Portal Academico 3,42
Ouvidoria 3,05
Qualificação dos funcionários do atendimento CRA 3,26
Diretor da Unidade 3,18
Núcleo de Atendimento ao Educando – NAE 3,39
Divulgação dos Resultados da Aval. Institucional 3,32
Ofertas de Curso de Pós Graduação 3,18
Ações de responsabilidade social da Instituição 3,34
Acessibilidade 3,35
Canais de comunicação com a Instituição 3,26
Incentivo à Iniciação Científica 3.36
Investimentos realizados pela Instituição para melhoria da unidade 3,47
Núcleo de Empregabilidade e Carreiras 3,31
Laboratórios 3,35
Ações realizadas pós resultado da Aval. Institucional 3,25
Salas de Aula 3,27

Quadro 03: Aspectos da Avaliação Institucional com conceito abaixo de 3,5

Fonte: Pesquisa de Auto Avaliação Institucional 2017.1 (CPA, 2017).

ü    Quantidade de professores a melhorar por curso: A tabela abaixo informa o quantitativo de docentes que ficaram com o status a melhorar (nota abaixo de 70%) por curso.

Curso Conceito Curso Conceito
Serviço Social 0 Enfermagem 2 professores (11,11%)
Segurança do Trabalho 0 Engenharia Civil 2 professores (11,76%)
Pedagogia 0 Farmácia 3 professores (15%)
Biomedicina 4 professores (21,05%) Fisioterapia 2 professores (10,52%)
Ciências Contábeis 1 professor (10%) Nutrição 1 professor (5,88%)
Direito 2 professores (10,52%) Administração 3 professores (23,07%)
Educação Física 2 professores (40%) Psicologia 2 professores (11,76%)
CST em ADS 2 professores (33,33%) CST em RH 1 professor (11,11%)

escrito por fhasmann

06

O presente relatório tem como objetivo evidenciar as ações executadas sensibilização e conscientização da comunidade acadêmica para realização da Avaliação Institucional e demonstração dos resultados no semestre 2017.1. A seguir apresentaremos uma síntese dos resultados gerais da Unidade Pituba:

  • Adesão de Docentes: 99,37 dos docentes responderam a Avaliação Institucional, houveram 02 docentes que não responderam o questionário e ocasionando o não atingimento da meta.
  • Adesão de Discentes: A adesão atingiu 71,40% de alunos, ou seja, 1.625 alunos responderam a Avaliação Institucional.
  • Nota Geral da IES: O conceito global atingido pela IES foi de 3,64 e 57,33% de questões respondidas com conceito bom (nota 4) e excelente (nota 5).
  • Nota por Curso: 67% dos cursos ofertados na Unidade obtiveram conceito acima da meta 3,5, conforme tabela abaixo.
Curso Conceito Curso Conceito
Biomedicina 4,08 Odontologia 3,84
Ciências Contábeis 3,50 Pedagogia 3,70
Direito 3,68 Administração 3,45
Educação Física 4,10 Enfermagem 3,38
Engenharia Civil 3,50 Psicologia 3,47
Farmácia 3,77 CST em Gestão de Recursos Humanos 3,32
Fisioterapia 3,64 CST em Logística 3,46
Nutrição 3,54

Quadro 01: Notas da Avaliação Institucional por Curso

Fonte: Pesquisa de Auto Avaliação Institucional 2017.1 (CPA, 2017).

  • Nota de Coordenador de Curso: Praticamente todos os coordenadores de cursos obtiveram conceito acima da meta 3,5, conforme tabela abaixo.
Curso Conceito Curso Conceito
Administração 4,15 Fisioterapia 3,92
Biomedicina 4,16 Odontologia 4,56
Ciências Contábeis 4,16 Psicologia 4,22
Direito 4,27 Enfermagem 3,37
Educação Física 4,49 Nutrição 3,49
Engenharia Civil 4,07 Pedagogia 3,77
Farmácia 4.64 Logística 3,35
Gestão de RH 3,51

Quadro 02: Notas na Avaliação Institucional do Aspecto Coordenador de Curso

Fonte: Pesquisa de Auto Avaliação Institucional 2017.1 (CPA, 2017).

  • Aspectos que obtiveram conceitos abaixo de 3,5: A tabela abaixo informa os itens em ordem decrescente de notas abaixo de 3,5.
Aspectos Avaliados Conceito % de notas 4 e 5
Incentivo a Iniciação Cientifica 3,34 50,88%
Ações de Responsabilidade Social da IES 3,47 50,76%
Ouvidoria 3,16 39,95%
Ações realizadas pós Aval. Institucionais 3,27 42,68%
Núcleo de empregabilidade 3,49 50,27%
Oferta de Cursos Pós-Graduação 3,40 34,55%
Investimentos realizados para melhoria da Unidade 3,24 43,53%
Qualificação dos funcionários do atendimento CRA 3,20 49,18%
Canais de Comunicação com a Instituição 3,43 54,71%
Diretor da Unidade 3,42 43,17%
CRA no Portal Acadêmico 3,35 51,00%

Quadro 03: Aspectos da Avaliação Institucional com conceito abaixo de 3,5

Fonte: Pesquisa de Auto Avaliação Institucional 2017.1 (CPA, 2017).

  • Quantidade de professores a melhorar por curso: A tabela abaixo informa o quantitativo de docentes que ficaram com o status a melhorar (nota abaixo de 70%) por curso.
Curso Conceito Curso Conceito
Administração 3 professores (21,43%) Farmácia 1 professor (7,15%)
Biomedicina 0 professores Fisioterapia 1 professor (6,67%)
Ciências Contábeis 4 professores (30,77%) Nutrição 2 professores (16,67%)
Direito 3 professores (12,50%) Odontologia 0 professores
Educação Física 2 professores (16,67%) Pedagogia 1 professor (16,67%)
Enfermagem 2 professores (13.34%) Psicologia 1 professor (5,89%)
Engenharia Civil 0 professores Logística 2 professores (25%)
Gestão de RH 1 professor (20%)

escrito por fhasmann

06

No dia 01 de abril de 2017 a Direção da UNINASSAU Salvador instituiu a nova composição da CPA  (Comissão Própria de Avaliação) conforme disposição abaixo:

Silvia Lima Garcia Herranz (Presidente)

Tamires Batista Rocha (Representante do corpo Técnico Administrativo)

Andreia de Aquino Lima (Representante do corpo Técnico Administrativo)

Wyara Caldas dos Santos Esteves (Representante do corpo docente)

Jorge Allan Santos Guimarães (Representante do corpo discente)

Elba Duarte (Representante do corpo discente)

Paulo Francisco Menezes de Macedo (Representante da Sociedade Civil)

Agnes Bezerra Freire De Carvalho (Representante da Sociedade Civil)

escrito por fhasmann

01

Com o objetivo de ampliar e fortalecer a relação entre os processos de avaliação e os processos de gestão universitária, a CPA divulga o Relatório de Avaliação Institucional. A CPA espera fornecer dados para uma reflexão crítica e propositiva, a fim de auxiliar o processo de planejamento, contribuindo para que a UNINASSAU confirme, renove e atualize o seu Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), os seus projetos, os programas e os cursos ofertados.

Os membros da Comissão agradecem a participação de toda a comunidade acadêmica no processo de autoavaliação institucional do ano 2016. Confira o Relatório no anexo abaixo.

Relatório CPA 2016 – FMN Salvador

Para maiores informações, entre em contato com os membros da CPA ou e-mail administracao.ssa@mauriciodenassau.edu.br.

escrito por fhasmann

06

Segue abaixo as ações realizadas no ano de 2016:

escrito por fhasmann

30

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Unidade Mercês conduziu a Avaliação Institucional 2016.2 no período de 17 de outubro a 14 de novembro de 2016. O processo contemplou a avaliação dos professores e infraestrutura pelos estudantes, dos cursos de graduação pelo corpo docente e as condições de trabalho pelos funcionários técnico administrativos.

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR OS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2016.2 (Alunos) – UNIDADE MERCÊS

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR OS RESULTADOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2016.2 (Técnico Administrativo) – UNIDADE MERCÊS

Estamos em implementação das ações de melhoria para 2017.1 e breve disponibilizaremos o plano de ação.

Os interessados poderão obter outras informações pelo e-mail silvia.herranz@mauriciodenassau.edu.br ou pelo telefone (71) 9 9208-8398.

escrito por Silvia Herranz

06

Avaliação institucional no ensino superior é uma modalidade avaliativa, que visa a melhoria da qualidade das atividades acadêmicas.

A partir dos Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES ela se realiza em dois processos distintos, mas complementares. Um primeiro, por meio da autoavaliação institucional, isto é, pelo processo de produção de informações, monitoramento e reflexão sobre diferentes aspectos de dimensões institucionais relacionadas às práticas de Ensino, Pesquisa e Extensão. O outro, pela Avaliação Externa, realizada por especialistas do MEC (INEP ou CAPES), que promovem o acompanhamento e regulação de cursos de graduação e de pós-graduação.

Processo contínuo, a avaliação institucional visa a construção de conhecimento sobre realidade da Universidade para a reflexão sobre o que deve ser mantido e o que precisa ser aperfeiçoado, fornecendo, dessa forma, subsídios para a tomada de decisão em busca da excelência acadêmica. Nesse sentido tanto a autoavaliação (autoconhecimento) como a avaliação externa (regulação) sistematiza informações, que propiciam a análise de sentidos, significados e resultados das práticas acadêmicas desenvolvidas pela instituição. Fornecem indicadores que auxiliam a compreender a relação entre esses resultados e as formas de organização, administração e ações, permitindo não só a identificação de fragilidades e potencialidades, mas também o planejamento de estratégias de superação de problemas e promoção da qualidade das práticas acadêmicas.

A autoavaliação institucional é de inteira responsabilidade da instituição, que tem autonomia para estruturar e definir prioridades do processo avaliativo. A avaliação das atividades acadêmicas é atribuição de vários colegiados e instâncias da Universidade. Perante o MEC a Comissão Própria de Avaliação (CPA) deve coordenar os processos internos para coleta de dados das diferentes dimensões do trabalho na universidade, sistematizar e analisar as informações para subsidiar as ações gestoras da Universidade. A CPA também é convocada para participar da Avaliação Externa, quando ela ocorre na instituição, apontando que ações que foram produzidas a partir dos processos de autoavaliação.

A CPA da FMN Salvador fez ação de sensibilização com os funcionários administrativos, discentes e docentes em prol da Avaliação Institucional consciente.

Funcionários Administrativos

Recepção da CPA no Laboratório de Informática

Alunos realizando a Avaliação Institucional

Alunos realizando a Avaliação Institucional

escrito por fhasmann

Passe o mouse na cidade desejada para obter ENDEREÇO e TELEFONE da unidade